Ponto de partida

Por Patrícia Fonseca

No primeiro aniversário do jornal online mediotejo.net editámos uma revista em papel. Foi um número especial, uma forma de celebrarmos em contra-corrente a resistência do jornalismo que ambicionávamos fazer. Cinco anos depois aqui estamos, assumindo o compromisso de publicar trimestralmente esta revista, a Ponto. Porque na voragem dos dias há muitas histórias que se perdem, reflexões que ficam por fazer, pontos que nunca chegam a unir-se para nos darem imagens mais aproximadas da realidade que nos rodeia.

“Para leituras com outra profundidade” é a frase-assinatura deste projeto, que dá primazia aos géneros nobres do jornalismo, como a Grande Reportagem e a Investigação; que recupera Memórias e analisa com outra luz capítulos da nossa História comum; que dá voz às Gentes da Nossa Terra que fazem a diferença, que superam dificuldades e nos inspiram; que destaca o que de melhor há nas áreas da Cultura, da Gastronomia e do Turismo nesta região do Médio Tejo (e arredores).

Continuaremos a publicar reportagens, investigações e outros temas desenvolvidos no jornal, como sempre fizemos. Mas se há artigos que são potenciados nos suportes digitais, com narrativas multimédia e atualizações constantes, algumas leituras necessitam de um espaço diferente, com outro tempo e outra atenção. A Ponto surge assim como um complemento ao mediotejo.net, à semelhança de uma revista de domingo publicada com um diário, como fazem o El País ou o New York Times. Apenas a forma e a periodicidade são diferentes – como diferentes são as circunstâncias e os desafios que enfrentamos como projeto jornalístico regional, em busca da nossa independência e sustentabilidade financeira.

O mediotejo.net recebeu este ano bolsas de mérito do European Journalism Centre/Facebook Journalism Project e da Google News Initiative, e foi eleito “Melhor Órgão de Comunicação Local e Regional”, nos Prémios Sapo 2020. “Temos em nós todos os sonhos do mundo”, e queremos continuar a inovar e a contribuir para a construção de uma sociedade mais livre e mais informada. Esta revista é apenas mais um caminho nesse sentido, um novo ponto de partida ao encontro dos nossos leitores.

Partilhar
Share on facebook
Share on twitter